UERJ
Extensão e Eventos Projetos de Extensão
Projetos de Extensão PDF Imprimir E-mail

 

Projetos de Extensão do IBRAG ativos em 2008

 

1- Atividades de Ciências e Biologia

 

2- Avaliação/ Acompanhamento Psicológico dos Pacientes Portadores de Doenças Neurológicas de

Etiologia Genética e de suas Famílias Pós Diagnóstico

 

3- Capacitação no setor de produção vegetal

 

4- Ciência no Dia a Dia

 

5- Ciências em toda parte

 

6- Educação, Sexualidade e Cidadania

 

7- Genética Humana e Aconselhamento Familiar

 

8- Mostra Itinerante de Ciências e Biologia - Levando a Universidade à escola

 

9- Projeto Ação Educativa em Ciências, Saúde e Ambiente

 

10- Projeto Centro de Estudos e Divulgação da Síndrome do X-Frágil

 

11- Projeto Coral-Sol

 

12- Repassando um pouco da Ciência feita na Universidade para a comunidade

 

13- ConsCIÊNCIA nas Escolas

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

Atividades de Ciências e Biologia

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

WAISENHOWERK VIEIRA DE MELO

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

25877712

Introdução:
O Deptº de Ensino de Ciências e Biologia vem procurando contribuir para a implementação de políticas de formação, programas e projetos de formação continuada, permitindo que os educadores e os futuros professores atuem como agentes das transformações sociais, e para isso desenvolve uma série de atividades muito diversificadas.

 

 

Departamento de Biologia Animal e Vegetal/ Ensino de Ciências e Biologia
Profª Marly Cruz Veiga da Silva
Profª Marilene de Sá Cadei
Profª Vera Maria de Sá Antunes Filgueiras

 

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

Avaliação/ Acompanhamento Psicológico dos Pacientes Portadores de Doenças Neurológicas de Etiologia Genética e de suas Famílias Pós Diagnóstico

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

MAURO SANTOS VILLAS BOAS

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. ; Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

9859-1336, 2587-7567

Introdução:
O Programa de Genética Humana e Aconselhamento Familiar da UERJ, ligado a SR-3, tem atuado nos últimos 13 anos no diagnóstico citogenético e molecular de doenças neurológicas de origem genética mediante encaminhamento feito por diversas instituições do Estado e, particularmente, pelo HUPE. A maioria das famílias atendidas provém de faixas economicamente menos favorecidas da população e como tal tem menor possibilidade de trabalhar psicologicamente a dimensão emocional do impacto das informações recebidas. A que se considerar que o laudo contendo o diagnóstico da patologia genética traz consigo o peso do estigma da patologia diagnosticada. Além do que, o aconselhamento genético indicará limitações e observância a atos da vida cotidiana. Estas restrições e cuidados serão fatores que passarão a fazer parte da vida destas pessoas e de suas famílias, gerando com isto um possível impacto psicológico. Os indivíduos acometidos apresentam sinais discretos nos primeiros anos de vida, mas com o passar do tempo as limitações de ordem cognitiva vão se fazendo presentes, principalmente no ambiente escolar. Neste sentido a criação de um projeto em colaboração com o LAPSI (Laboratório de Avaliação Psicológica) do Instituto de Psicologia nos permitirá a construção de instrumentos e estratégias específicos para o atendimento das necessidades e demandas dos pacientes e de suas famílias. Desta forma constitui-se um enorme avanço para a UERJ e para a ciência o estabelecimento desta cooperação, pois trata-se uma área do conhecimento situada entre a Biologia e a Psicologia e portanto ainda muito pouco explorada. A falta de profissionais que tenham formação para atuar na interface entre estes dois grandes campos do saber explica em parte a lacuna que ainda existe frente as demandas.

 

 

 

 

Título da Atividade:

CAPACITAÇÃO NO SETOR DE PRODUÇÃO VEGETAL

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

NORMA ALBARELLO

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

2587- 7361

Introdução:

O projeto propõe o treinamento e qualificação de jovens e adultos nas metodologias de plantio, germinação, aclimatização e conservação vegetal. O projeto teve início a partir de uma parceria com o CIAPI (Campus Internacional de Aprendizado Politécnico Integrado), entidade sem fins lucrativos que tem por finalidade a capacitação profissional de desempregados ou em busca do primeiro emprego. O Departamento de Biologia Vegetal da UERJ colaborou prestando assessoria ao programa Flora Management, na realização de cursos e atividades relacionadas à qualificação no setor de floricultura,  para italianos e/ou descendentes com  moradia no Brasil. O programa tem financiamento do governo italiano e apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA/Superintendência Federal no Estado do Rio de Janeiro).

            Parte das atividades do projeto é realizada contando com a infra-estrutura do Núcleo de Biotecnologia Vegetal, integrado pelo Laboratório de Biotecnologia de Plantas (LABPLAN/DBV) e pelo Laboratório de Micropropagação e Transformação de Plantas (LABMIT/DBCEL), localizados no Pavilhão Haroldo Lisboa da Cunha (Campus Maracanã).  Também são realizadas atividades de cultivo e preparo de substratos no Horto Botânico da UERJ. Este projeto conta com apoio da SR3/Depext (bolsa de extensão) e do Programa Proatec (bolsa de apoio técnico).

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

Ciência no Dia a Dia

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

CIBELE SCHWANKE

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

25877712 OU 93611316

  Introdução:
Reconhecendo que a educação científica caracteriza-se por uma grande multiplicidade de fatores, o grande desafio que se apresenta à educação científica é, portanto, descobrir efetivamente como se dá a aprendizagem e, assim, encontrar recursos que estimulem o interesse por tais questões. A produção de material didático de baixo custo e fácil manuseio representa uma alternativa na busca de estratégias que viabilizem a melhoria da qualidade do ensino de Ciências, em seu sentido mais amplo. O Projeto Ciência no Dia-a-dia tem possibilitado um contato direto e permanente com professores dos diversos níveis, que participam do projeto direta ou indiretamente utilizando e avaliando o material produzido.

 

Departamento de Biologia Animal e Vegetal/ Ensino de Ciências e Biologia
Profª Marly Cruz Veiga da Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

Ciências em toda parte

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

Waisenhowerk Vieira de Melo

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

25877712

Introdução:
Telefone celular onde você vê com quem esta falando. Coisa de ficção, lembra “os Jetsons”. Roupa que não molha, nem amarrota. Gripe aviária. Bactérias para combater o mau hálito. Agricultura orgânica. Lavar as mãos antes das refeições. O que essas coisas têm em comum? O conhecimento científico. Pois a Ciência está em toda parte. Foi cunhado o termo “ANALFABETISMO CIENTÍFICO” para a falta de conhecimentos básicos em Ciências. Com o avanço acelerado da Ciência e da Tecnologia é cada vez mais difícil ao cidadão compreender os conceitos que estão por trás dos produtos tecnológicos, ou de procedimentos como cortar os alimentos em pedaços pequenos para cozinhar. Para entender porque o teste de paternidade por analise de DNA é tão preciso, a pessoa necessita saber genética, citologia, biologia molecular e estatística. Trabalhar conceitos complexos de forma que o cidadão possa compreender, ou seja, traduzir em modelos ou formas de linguagem acessível aos não iniciados é o desafio de quem ensina e busca a transposição de conteúdos. O Departamento de Ensino de Ciências e Biologia do IBRAG vêm realizando desde 1992, atividades que visam a transposição de conteúdos na área de Ciências e Biologia para os cursos de Ciências Biológicas Pedagogia. Desenvolve ainda pesquisa em Ensino de Ciências e Biologia, além de atender a professores, fornecendo material e orientação que permite dinamizar suas aulas, e alunos, que procuram atividades para feira de Ciências.

 

 

 

Título da Atividade:

Educação, Sexualidade e Cidadania

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

VERA MARIA DE S- ANTUNES FILGUEIRAS

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

2587-7712 2570-0765 9605-2136

Introdução:
Este Projeto visa desenvolver trabalhos na área de Sexualidade Humana com jovens, educadores ou grupos da comunidade, em geral. Nas últimas décadas, com a abertura política, a sociedade repensou o papel das instituições e, em especial, as de ensino e os conteúdos por elas trabalhados. Não só a preocupação pela contaminação através das DST, como também a consciência de que estas instituições precisam ter o compromisso de educar para o prazer, para uma vida de qualidade. Assim, o trabalho sugerido por este Projeto, além de se comprometer com o atendimento e orientação para a Comunidade Uerjiana, rompe os muros da Universidade e leva para a população conteúdo de valores universais, elementos da vida cotidiana, para reflexão e construção de práticas relacionais democráticas, em relação à saúde sexual.

 

Departamento de Biologia Animal e Vegetal/ Ensino de Ciências e Biologia
Profª Vera Maria de Sá Antunes Filgueiras

 

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

Genética Humana e Aconselhamento Familiar

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

Márcia Mattos Gonçalves Pimentel

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

25877107 - 25877567 - 96215455

Introdução:
O Projeto de Genética Humana e Aconselhamento Familiar, como atividade extensionista, tem o objetivo de oferecer exames genéticos à comunidade de nosso Estado, de forma a gerar subsídios para a investigação de doenças de etiologia genética, possibilitando que um maior número de pessoas se beneficie do Aconselhamento Genético. Desde 1994, conhecimentos e processos gerados na Universidade são oferecidos à população de nosso Estado

 
Departamento de Biologia Celular e Genética
Coordenador: Márcia Mattos Gonçalves Pimentel
Vice-coordenador: Cíntia Barros Santos Rebouças

 

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

Mostra Itinerante de Ciências e Biologia - Levando a Universidade à escola

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

Cibele Schwanke

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

25877712 ou 93611316

Introdução:
O projeto “Mostra itinerante de Ciências e Biologia - levando a Universidade à escola” tem como meta principal oportunizar às escolas da rede de Ensino Fundamental e Médio do Rio de Janeiro acesso ao saber científico, promovendo a demonstração, a instrumentação e a discussão de determinados temas do contexto científico, contribuindo, dessa forma, para diminuir a carência de equipamentos e recursos e garantindo aos alunos e professores acesso à informação. Essa proposta, iniciada em 2002, não se limita a atender a comunidade ligada à Educação Básica, tendo sido, sempre que possível, difundida em disciplinas de cursos de graduação em Biologia, em cursos de pós-graduação (Curso de Especialização em Ensino de Ciências/UERJ), bem como em atividades extensionistas de natureza diversa (mini-cursos, palestras, cursos de formação continuada de professores, cursos de atualização de professores) e participação em eventos paralelos (Semana de Biologia e Feiras de Ciências).

 

Departamento de Biologia Animal e Vegetal/ Ensino de Ciências e Biologia
Profª Cibele Schwanke
Prof. Waisenhowerk Vieira de Melo
Profª Vera Maria de Sá Antunes Filgueiras
Profª Marly Cruz Veiga da Silva
Profª Marilene de Sá Cadei

 

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

PROJETO AÇÃO EDUCATIVA EM CIÊNCIAS, SAÚDE E AMBIENTE

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

Marilene de Sá Cadei

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

25877712

Introdução:
Iniciamos um novo milênio onde a Ciência e as suas aplicações tecnológicas estão presentes, de modo direto ou indireto, em praticamente todos os lugares do planeta. Isto, no entanto, não significa que a população possua os conhecimentos necessários para entender essa Ciência que está ao seu redor. Portanto, cabe a Educação, mais especificamente ao Ensino de Ciências Naturais e a Educação Ambiental promoverem uma ação educativa que interligue Educação em Ciências, Saúde e Ambiente propiciando uma apropriação crítica dos fatos, dos fenômenos e dos diferentes saberes existentes e de suas aplicações práticas e interferências no ambiente, na saúde e no cotidiano de indivíduos e populações. Diante disso, os profissionais que trabalham com educação em espaços formais e não-formais necessitam estar atentos e bem informados sobre a realidade que os rodeia para que os saberes tradicionais e os novos conhecimentos e informações que vêm sendo produzidos possam ser discutidos, transformados e aplicados, no menor espaço de tempo possível, por todos os indivíduos da sociedade.

 

 

 

Título da Atividade:

Projeto Centro de Estudos e Divulgação da Síndrome do X-Frágil

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

MAURO SANTOS VILLAS BOAS

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. e Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

9859 -1336 / 2567 -5461 / 2587- 7567 (UERJ)

Introdução:
O início das atividades do Projeto de Avaliação / Acompanhamento Psicológico dos Pacientes Portadores da Síndrome do X-Frágil e de seus Familiares, durante o ano de 2006, veio revelar uma demanda reprimida por um atendimento de ordem humana. Durante as atividades desenvolvidas pelo projeto supracitado foi levantada uma lista de necessidades junto às famílias dos pacientes portadores da síndrome. Uma das principais queixas apontada era a falta de profissionais da área de saúde que soubessem diagnosticar ou pelo menos suspeitar que aquele conjunto de sintomas apresentados pela criança que estava á sua frente poderia pertencer a uma síndrome já conhecida da ciência. A descrição da Síndrome do X-Frágil foi feita em 1991. Da publicação do trabalho científico até a realização do teste em nosso estado passaram-se 3 anos até que o SERVEGEN, do Laboratório da Profa. Márcia Pimentel, implantasse a rotina deste protocolo. Ainda hoje o SERVGEN é o único lugar no Estado do Rio de Janeiro que realiza este exame. Portanto, a maioria dos profissionais da área de saúde que estão atuantes no mercado no momento desconhecem a existência desta síndrome. Apenas aqueles que freqüentam congressos tem alguma possibilidade de estarem informados. E é exatamente a necessidade de instituir uma ação que dê conta dessa complementação da formação dos profissionais da área de saúde e da educação que viemos a propor a criação de um Centro de Estudos e Divulgação da Síndrome do X-Frágil.

 

 

 

 

Título da Atividade:

Projeto Coral-Sol

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

JOEL CHRISTOPHER CREED

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

25877328 r 30

Introdução:
Espécies exóticas invasoras estão entre as maiores ameaças à biodiversidade no mundo. O coral-sol (Tubastraea) foi introduzido no Brasil através de plataformas de petróleo. Desde 1980 o coral invadiu 900km de costões rochosos, principalmente na Ilha Grande, RJ, uma região de extrema importância para turismo e conservação da biodiversidade. Em 2000, o Laboratório de Ecologia Marinha Bêntica, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, iniciou um programa de estudos sobre este coral visando identificar o grau de ameaça que representa à fauna e flora nativas. Pesquisas caracterizaram o coral-sol como altamente nocivo à biota local. O Projeto Coral-Sol propõem controlar o coral-sol, visando erradicá-lo em 20 anos, agregando valor a sua extração e contribuindo para o desenvolvimento sustentável de comunidades litorâneas. 40 famílias das comunidades litorâneas da Ilha Grande serão capacitadas para catar e preparar os corais para uso como artesanato, gerando rendas alternativas, combatendo a expansão dos corais e substituindo o comércio ilegal de corais nativos. O Projeto representa, no Brasil, a primeira iniciativa auto-sustentável de erradicação de organismos exóticos marinhos.

 

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

REPASSANDO UM POUCO DA CIÊNCIA FEITA NA UNIVERSIDADE PARA A COMUNIDADE

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

CARLOS FREDERICO DUARTE DA ROCHA

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. ou Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. ou Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

25877328

Introdução:
A Universidade constitui um dos principais centros geradores de informação científica e, em muitos casos, esta informação produzida poderá afetar de maneira direta ou indireta a sociedade, alterando seu status quo. A velocidade de retorno à sociedade da informação produzida na Universidade depende do grau de impacto, da natureza, da aplicabilidade, da relevância e da característica modificadora daquele produto sobre a sociedade. No processo de como a Universidade pode promover o acesso da sociedade a um determinado produto ou informação científica gerada, a Extensão Universitária assume particular importância. No entanto, este processo de geração e transferência da informação do produto científico para a sociedade, só se dá de modo eficiente quando o tripé universitário Pesquisa - Ensino - Extensão ocorre de forma equilibrada e interagente. A produção de informação científica representa o avanço nos conhecimentos que são acumulados, e é um dos principais produtos gerados na Universidade. Em muitos casos, esta informação científica pode ser de interesse imediato da sociedade, não apenas pela curiosidade que possa gerar mas por que pode influenciar na sua qualidade de vida ou no seu acúmulo de saber.


Departamento de Biologia Animal e Vegetal/Ecologia
Prof. Carlos Frederico D. Rocha
Profª Helena de Godoy Bergallo
Profª Maria Alice Alves Santos
Profª Monique Van Sluys

 

 

 

 

 

Título da Atividade:

ConsCIÊNCIA nas Escolas

Tipo da Atividade:

Projeto

Coordenador(a):

ISRAEL FELZENSZWALB

Unidade: tecnologia

INSTITUTO DE BIOLOGIA ROBERTO ALCÂNTARA GOMES

E-mail da Coordenação:

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Telefone(s) da Coordenação:

2587-6488

Introdução:
A popularização da Ciência é verificada através das diferentes mídias. O contato com o conhecimento científico se faz hoje de várias formas. Isso é fruto tanto de uma demanda da sociedade interessada em conhecimento e aos artefatos produzidos assim como pela percepção da academia de manter um diálogo com a sociedade, fortalecendo assim a cidadania e a inclusão social. A FAPERJ, consciente da importância de seu papel no Estado como fomentadora de pesquisa científica introduziu em seus Editais o cumprimento por parte dos pesquisadores em atividades que venham estimular nosso alunado do Ensino Médio e Fundamental à Ciência. Atividades com a participação dos pesquisadores junto a esses alunos permitirão a divulgação da Ciência e o estímulo à realização de Eventos paralelos pelas Escolas.

Objetivos:
Organizar visitas com atividades nas Escolas de Ensino Médio e Fundamental da Rede Pública do Estado visando à transmissão do conhecimento científico e o estímulo à curiosidade científica a esse público fundamentada nos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos diferentes grupos de pesquisadores do IBRAG UERJ.

 

ISRAEL FELZENSZWALB (COORDENADOR)

 

MARCIA MATTOS GONCALVES PIMENTEL

 

CINTIA BARROS SANTOS REBOUCAS

 

MARSEN GARCIA PINTO COELHO

 

WALDEMAR SILVA COSTA

 

WAISENHOWERK VIEIRA DE MELO

 

NORMA ALBARELLO

 

ANDREA MONTE ALTO COSTA

 

THEREZA CHRISTINA BARJA FIDALGO COELHO

 

IOLANDA MARGHERITA FIERRO

 

ELISABETH ATALLA MANSUR DE OLIVEIRA

 

TATIANA MARLOWE CUNHA BRUNINI

 

ANTONIO CLAUDIO MENDES RIBEIRO

 

MARCIA CRISTINA PAES

 

MARIA ALICE DOS SANTOS ALVES